Feeds:
Posts
Comentários

Archive for agosto \31\UTC 2008

Sobre-vivendo

Tem dias que não vivemos, sobrevivemos… Tudo parece tão grande e inalcançável e eu pareço tão pequena, como nunca fui.

Socorro, alguém me dê um coração. Que esse já não bate, nem apanha. Uma emoção pequena, qualquer coisa que se sinta… Tem tantos sentimentos, deve ter algum que sirva.

Gal Costa

Anúncios

Read Full Post »

Me, myself and I

E daí que estou com a insuportável mania de achar que só eu erro. A culpada pelos problemas do mundo! A criadora única de todas as catástrofes. Então tá. Bem nenhum fui eu que fiz né? Escrevo aqui para tentar me fazer compreender algumas coisas e essa é uma delas. Se fosse verdade, se eu fosse tão grande problema, eu seria mesmo muito poderosa né? As vezes me acusam de tanta coisa e tudo o que eu consigo fazer agora é calar. Não tenho mais forças para falar e me defender. Pensem o que quiserem, digam o que quiserem dizer. De mim, só terão o silêncio que mata. E preste bem atenção, quem te matou foi o silêncio, não eu. Sábio silêncio este que, sem se pronunciar, causa dúvidas e certezas ao mesmo tempo.

Mas não tem nada não, eu bem que me conheço
Eu sei que um dia vira mesmo, mudo de endereço…!

Esnoba – Moinho Da Bahia

Read Full Post »

Inveja?

Não importa quantas mil qualidades você tem, sempre – eu disse SEMPRE – tem alguém que só conta os seus defeitos. Sempre tem alguém que não tá satisfeito. Sempre tem alguém pra sair falando mal da festa que foi perfeita. Sempre tem alguém pra envenenar uma amizade, um relacionamento, uma vida inteira. Sempre tem alguém que nunca está contente. Enquanto um comemora, o outro pensa em uma forma de tomar aquilo que é do outro, ou ao menos acabar com sua vitória. Não importa o quanto isso pode e vai lhe custar.

Isso cansa, cansa muito. Mas acredito que cansa muito mais pra esse que vive debruçado na vida dos outros, enquanto a sua está passando. Usa uma vida inteira tentando fazer acontecer um mal na vida de alguém, ao invés de fazer acontecer alguma coisa na sua própria vida. O seu problema na verdade, é que, sem notar, escolhe as pessoas mais fortes, mais felizes, que podem cair, mas que cedo ou tarde se erguem novamente porque não nasceram MESMO para andar rastejando. Diferente de certos outros tipos de pessoas, se é que se pode chamá-las assim. 

Saiba entender que a inveja é a única arma inútil que o inimigo tem.

Edson Rufo

 

Read Full Post »